Quantidade de gás utilizado - Seladoras a vácuo

Quantidade De Gás Utilizado – Seladoras A Vácuo

Como já comentado em outros artigos, existem alguns produtos que podem ser deformados quando realizado o vácuo tradicional. São produtos frágeis e sensíveis, como folhas, massas (ex: pães, pizzas etc). Nestes casos, o ideal é a utilização da atmosfera modificada, que nada mais é a injeção de um gás inerte e conservante após a realização do vácuo. Este procedimento vai evitar que o produto sofra deformações.

Pão embalado a vácuo sem atmosfera modificada

Foto que mostra o pão embalado a vácuo sem a utilização da atmosfera modificada

Quando a seladora a vácuo injeta o gás na embalagem, significa dizer que em todo ciclo vai ser utilizado uma certa quantidade de gás, então é importante entender como o cálculo funciona para que seja possível prever os custos.

Cálculo da quantidade de gás utilizado

Para entender o cálculo, temos que entender como funciona a injeção de gás nas máquinas a vácuo. Muita gente acha que o gás é injetado na embalagem, então o custo de gás vai depender apenas do volume do saco, o que está totalmente errado.

Na realidade, para que a embalagem seja preenchida com o gás, é necessário preencher toda a cuba da seladora a vácuo. Isso acontece porque para o ar ficar dentro do saco, temos que garantir que toda a cuba esteja na mesma pressão da embalagem, pois quando o gás é injetado ele tende a se espalhar homogeneamente, indo sempre do local de maior pressão para o de menor pressão, então o volume da embalagem não vai importar.

Vamos pegar como exemplo a embaladora a vácuo modelo VM 16 com 1 barra de solda e embalagem de  30x40cm. O volume da VM 16 1B é de aprox. 0,0234m³, então caso quiséssemos ter uma injeção de gás de 20% para prevenir que o produto amasse, seria necessário injetar 20% do volume da câmara (por exemplo), que seria 0,00468m³. Como é feito uma embalagem por vez, este seria o custo do gás por embalagem. Se para o mesmo exemplo, fossem embalagens de 10x10cm, conseguiríamos fazer 6 por vez, ou seja, o custo ia ser apenas 1/6 de 0,00468m³ por embalagem.

Agora é só pegar o custo de um cilindro e ver quantas embalagens ele conseguiria fazer. Por exemplo, no caso de 6 embalagens por vez, um cilindro de 10m³ faria cerca de 12.820,00 embalagens. Com o valor do cilindro daria para saber quanto sairia cada embalagem 😉

Ficou alguma dúvida? Entre em contato conosco

Clique e entre em contato diretamente por whatsapp