Bandejas a vácuo na linha câmara - Orved Brock

Embale A Vácuo Em Bandejas Na Linha Câmara

Muitos acreditam que a única forma de embalar em bandejas é utilizando uma seladora a vácuo própria desse segmento, como a nossa VGP 60. A realidade é que todas as nossas embaladoras a vácuo da linha câmara conseguem embalar em bandejas, de uma forma bem simples e que pode atender às principais necessidades.

1. Como funciona

O processo é basicamente colocar a bandeja (já com o produto em cima dela) em uma embalagem própria para o vácuo e posteriormente realizar vácuo normalmente.

2. Vantagens

Você vai conseguir diferenciar a apresentação dos seus produtos e ainda aproveitar todas as vantagens do vácuo. No mais, para alguns produtos, estar sobre uma bandeja vai ajudar eles à agregar valor, já que pode facilitar o consumo imediato. Um exemplo disso é o caso de frios, peças de salmão ou pratos pré-prontos, onde o cliente pode abrir a embalagem e utilizar a bandeja como um suporte para consumir o produto.

3. Desvantagens

A principal desvantagem seria o custo, pois além da embalagem a vácuo, também teria uma bandeja. Porém acreditamos que o valor que se agrega ao produto e à sua apresentação, fazem com que esses custos possam ser facilmente passados aos clientes.

4. Cuidados

O principal cuidado que se deve ter é se a bandeja se deformaria após o processo de vácuo. Isso acontece porque pela diferença de pressão do lado externo e do lado interno (da embalagem), o ar faz muita força para entrar dentro da embalagem, podendo assim deformar as bandejas.

Existe algumas saídas para isso não acontecer:

– Bandejas bastante planas, com no máximo uma parece em um ângulo bem aberto

– Bandejas com uma consistência bastante firme, que aguentem a pressão

– Bandejas que estejam bem preenchidas de produto, onde o volume do alimento não vai permitir que a bandeja se deforme

Conheça as nossas seladoras a vácuo